quarta-feira, março 04, 2009

Ad perpetuam memoriam

Neste dia e hora, fechou-se mais um ciclo de tudo aquilo que fui e sou. É chegada a hora de colher as pedras espalhadas sobre este caminho que percorri e com elas, reconstruir-me de tudo o que aprendi e com isso, dar-me a uma oportunidade de renascer, mesmo que numa partida dos olhares profanos.

Este blog nasceu na noite e em tempo de um luto eterno e terminou no apartar de tudo o que um viver antigo não cuidou, seja na vontade, seja no cumprir de um destino que homens e deuses traçaram na prancha do tempo.

É-me assim, chegada a hora de partir daqui e ir para outro lugar de onde não saí e onde a vontade me fez chegar de luvas brancas.

As palavras, essas, cuidarei de assentá-las sobre as folhas de papel com que farei o meu livro que será entregue ao meu Filho, para que dele saiba ler de quem nasceu e assim, com outra Luz igual, saiba iluminar o caminho que percorro devoto ao Sagrado onde planto uma Rosa de Chá com pétalas de cristal.

Deixo aqui, o meu Abraço sentido a todos os que souberam estar comigo, perante os quais me inclino num respeito profundo ao passado de que fizeram parte, ao presente em que os guardo na memória e ao futuro em que serão sempre lembrados.

A todos vos deixo os votos de Paz Profunda e o meu Eterno Obrigado.

Rui G.

Sem comentários: